domingo, 19 de novembro de 2017

Voltei. Passado uns meses.

Regressei. Voltei ao blogue. Ao meu querido blogue que me acompanha desde 2010. Quase 8 anos. E a vida tem dado algumas voltas. Várias. Eu mudei. Mudei muito. Mudei por ter crescido e por continuar a crescer continuamente. Sei mais da vida... a cada dia. E por mais estranho que pareça: a vida parece-me mais dura, embora igualmente bela. Os meus Pais continuam comigo felizmente e espero que nunca me abandonem, pelo que eu nunca os poderei abandonar também. Aliados a eles mais pessoas se juntaram a mim. Outras tantas afastaram-se de mim. A vida é mesmo assim. 

Vou tentar manter este cantinho mais atualizado: contando mais acerca dos passos que tenho dado. Estou um bocadinho mais francesa este ano - é o que vos digo. 

É bom. Sinto saudades de escrever aqui - acerca das minhas tarefas, inspirações. Faz-me falta! 

Preciso muito de me manter ocupada, focada, com os pés bem assentes no presente, melhorando os erros do passado, colocando, por isso mesmo, o meu olhar na melhoria de um futuro melhor. 

Até amanhã.
Sejam felizes!

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

2017.

Venham daí novas alegrias. Novos desafios. Novas novidades. Mais esperança, mais alegria, mais saúde. Acreditar que tudo correrá pelo melhor. Lutar pelo melhor. Sempre. 

sábado, 17 de dezembro de 2016

Da vida.

Das ideias boas:
https://simplereminders.com/walking-in-faith/p3

Da fé, do acreditar, do simplificar, do arriscar.
Nunca te menosprezes.

Vai tudo correr bem.

sábado, 22 de outubro de 2016

Dos Sábados chuvosos.

Chegou o inverno. E com ele chegou também a vontade de ficar por casa. Tenho andado muito preguiçosa. Mas as coisas têm sido feitas. Tenho que me empenhar mais e trabalhar mais, nas coisas que me tenho comprometido a fazer. Tenho uns 4 tópicos na lista. E têm de ser cumpridos, aos poucos. 

Hoje desde que me levantei tomei o pequeno almoço, arrumei o meu quarto (muito levemente), vi um epsiódio da anatomia de grey (como eu adoro aquela série!) e agora vou continuar a fazer o que deixei pendente da noite passada.

Tarefas:
- Ler Z - 2 horas;
- Estudar Y - vou dedicar 2 horitas;
- Estudar X - hoje vou tentar retomar durante 1 horinha;
- Passar os olhos por W - 1,5 hora. 
- Procurar I - 30 minutos. 

Aproveitem o vosso fim-de-semana!

domingo, 16 de outubro de 2016

Dos Domingos. E dos fins-de-semana descansados.

Esta sexta-feira correu muito bem. A quinta-feira também já tinha corrido. Sabe bem quando nos esforçamos e somos valorizados. Agora tenho de continuar. Tenho de continuar a dar o meu melhor e a aprender dia após dia. E eu gosto muito de aprender. 

Durante este fim-de-semana tenho estado a repor energias e a estudar. Tem de ser. Ontem vi um filme, vi uma série, li, relaxei no sofá, alimentei-me bem. À noite pesquisei sobre blogues inspiradores, de motivação. Descobri alguns interessantes, que poderei partilhar. 

Hoje talvez vá dar uma volta da parte da tarde. Entretanto vou continuar as leituras. E continuar a colocar a cabeça no lugar, se quero atingir os objetivos a que me propus. 

Tenho ainda outros objetivos que gostaria de alcançar. Mas neste momento é melhor reduzir o número de coisas que quero fazer, e pelo menos aquelas que fizer ficarem bem feitas. 

Bom fim-de-semana pequenada. :)

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Estado de espírito para este fim-de-semana.


As pausas são muito importantes. As pausas ajudam-nos a refletir sobre as circunstâncias em que estamos. Ajudam-nos a definir, com base no presente, para onde queremos ir. Basicamente, auxiliam-nos a trilhar o nosso caminho. É importante fazer e ir à luta. Mas primeiro temos de parar para pensar.

E na próxima semana vou ter a minha primeira pausa após 7 meses de uma experiência diferente. Apesar de eu querer sempre mais, a experiência está a ser positiva. Sinto que ainda tenho muito que aprender e tenho, de facto, muita vontade em aprender. 

Simultaneamente sinto que tenho que me dedicar a outras tarefas para trazer a cabeça ocupada com assuntos que não os do dia-a-dia, por exemplo, cursos online, estudos paralelos, assuntos que me interessem. Não posso perder o foco. E esta pausa vai ajudar-me a recarregar energias. Embora eu não me sinta muito cansada. 

Acabei à pouco de fazer a minha lista de tarefas para esta minha pausa. Sei que não vou conseguir fazer tudo. Mas pelo menos em cada dia quero dedicar-me a 1, 2 ou 3 tarefas - consoante a vontade. Tenho de aproveitar o tempo o melhor possível. Quero também descansar. 

--

Fica por aqui este post. Mas brevemente quero falar-vos sobre outros assuntos também. 
Ando a fazer um esforço por escrever mais no blogue. 

--

Bom fim-de-semana, pequenada! 

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Dá o que tens de melhor.

Estava agora a pensar nas coisas que tenho para fazer. Estava também a organizar ideias e a tentar estruturá-las. Eu sou daquelas pessoas que se dedica muito a algo só pelo prazer de aprender. Gosto de me dedicar às coisas, de levá-las a sério. Sou muito empenhada. E tento sempre dar o meu melhor. Se poderia ser ainda melhor? Eu acho que poderia. No entanto, pelo menos faço por ser melhor a cada dia que passa. E espero continuar a fazê-lo sempre. Vou lutar pelos meus sonhos. Embora saiba que talvez esteja a deixar alguns pelo caminho. Mas vou lutar sempre por aquilo em que acredito!

sábado, 17 de setembro de 2016

Balanço.

A minha frequência neste cantinho tem reduzido. É verdade. Há uns anos vinha cá todos os dias. Sentia necessidade de escrever. Hoje essa necessidade dissipou-se um pouco mais. No entanto, vou fazer um esforço para continuar a escrever aqui. Sei que também me faz bem escrever o que vou sentindo no meu dia-a-dia. 

Apesar deste blogue não possuir um fio condutor, não quero eliminá-lo. Quero guardá-lo. Ele não contém todos os momentos desde há 6 anos atrás, mas contém boa parte deles. 

A pessoa que começou a escrevê-lo quando tinha 18/19 anos é a mesma pessoa de hoje, embora ligeiramente mais moldada. As ideias, os objetivos e os sonhos são outros. Mas a vontade de continuar a fazer o melhor, o mind-set lutador continua o mesmo. As interrogações continuam. E embora o mundo não seja perfeito. Eu quero fazer do meu mundo o melhor possível. Se continuo a errar? Obviamente que continuo. A vida é uma eterna aprendizagem. E é a errar que aprendemos. E às vezes temos pontos de estagnação. Quantas vezes não pensamos e repensamos se estamos a ir pelo caminho certo? O nosso caminho deve ser construído com ponderação, calma. Devemos de seguir aquilo que gostamos. E eu neste momento ainda estou a tentar perceber se estou no caminho certo. Pelo menos sinto que estou a fazer o melhor que posso e que sei. E esteja eu onde estiver hei-de fazê-lo sempre: tentar fazer acontecer, lutar por ser alguém melhor, tentar (se conseguir) fazer diferente, deixar um bocadinho de mim. Posso não ser a melhor, mas quero ficar de consciência tranquila, na medida em que quero dar o meu melhor e aprender o máximo possível. 

Podemos perseguir um sonho, um objetivo. Podemos desejar muito. Mas a nossa sorte ajuda-nos sem dúvida. A sorte/destino/karma vai definindo aos poucos a nossa vida. E eu atualmente tenho muitas ideias, muitas vontades e muitos objetivos. Um dos pontos em que me pretendo focar é no âmbito profissional - atualmente estou a dar a primeira caminhada. E só desejo que tudo corra bem, pois vou tentar dar o melhor que sei. Venham os desafios que vierem, mas áreas que forem, eu quero muito aprender. 

Atualmente tenho andado um pouco mais "desfocada", mas por boas razões. A vida também é para ser vivida, não é verdade? E eu agora tenho tentado viver um bocadinho mais. 

Ontem à noite estava extremamente ansiosa com o futuro, particularmente, com o que vai acontecer no prazo de um ano. Mas não vale a pena. A vida é para ser vivida um dia de cada vez, sendo que cada dia deve ser saboreado da melhor forma possível, acompanhado pelas melhores pessoas. 

Fica a reflexão de hoje. 

Bom fim-de-semana, Valetes. 
Continuarei por cá. 

domingo, 14 de agosto de 2016

Fim-de-semana prolongado.

Tenho andado distante deste cantinho, é verdade. Ando cheia de ideias, de objetivos. Alguns deles estão em banho maria. Um dia de cada vez. O importante é nunca parar de questionar, de refletir sobre as "coisas", sejam elas quais forem. Temos de ter a capacidade para olhar sempre em frente. Tudo o que nos acontece, seja bom ou mau, nos ensina alguma coisa. 

Passei apenas para vos desejar um ótimo fim-de-semana prolongado e, ao mesmo tempo, deixo-vos esta música maravilhosa.

domingo, 7 de agosto de 2016

Temos de ser fortes. Desabafos.

Sim, temos mesmo de ser fortes. E mesmo assim, sorrir. Não há nada melhor do que sorrir perante os desafios. Poderemos estar de rastos, fartos, chateados, irritados... mas isso não nos pode impedir de sorrir, perante o que quer que seja. Temos antes de continuar a tentar. Temos de falhar para depois conseguirmos fazer as coisas bem feitas. Não importa as circunstâncias. Temos de fazer e pronto. Devemos evitar depositar nos outros as nossas inquietações. Vou tentar sempre fazer isso. Sempre!

Tinha tantas coisinhas para contar. Mas não vale a pena perder tempo a falar nelas. O melhor e o pior muitas vezes deve ficar connosco e evitar ser partilhado com o mundo. A vida acaba sempre por nos mostrar um caminho. Seja ele o melhor ou não. No fim, aprendemos sempre algo. 

Agora vou continuar o que estou a fazer. 
Quero que hoje o dia seja produtivo e ainda me quero distrair.
Conselho: Deixa a vida andar. 

domingo, 17 de julho de 2016

Olá Mundo, 

Uns dias melhor, outros dias menos animada, cá vamos andando.
Parei de escrever pelo Valetes. Talvez não exista tanto a necessidade de antigamente. Porém, não desisti deste cantinho. Continua a ser um refúgio, para os momentos menos bons, mas também para os melhores momentos. 

Hoje não estou num dos meus melhores momentos. Tirando os problemas de sempre... está tudo bem. 

Mas falando de coisas mais positivas, vou passar a fazer algumas constatações do meu dia-a-dia:
- Chegou o Verão e com ele o calor.
- Estou quase a fazer anos. Na próxima sexta é o dia. Estou a ficar velha. Estou a aproximar-me da metade da década dos 20. E é triste.
- Portugal foi campeão da Europa. Esse momento fez-me ficar feliz.
- Estou a trabalhar à 5 meses e estou a empenhar-me no que ando a fazer. Tenho dado o meu melhor. É um mundo completamente diferente do que estava habituada. Mas um passo de cada vez. No fim de Agosto faço 6 meses.
- Depois da Participação no Congresso e na Conferência, não se falou mais no artigo. Ultimamente não me tenho dedicado muito a ele.
- Uma das minhas amigas voltou a Austin, onde eu fui tão feliz... Um dia talvez volte lá novamente também. Embora a minha prioridade seja Nova Iorque. No prazo de 4 anos vou ter de voltar aos EUA. Está decidido.
- Ando a pensar seriamente em sair de casa dos meus pais. Mas para isso acontecer o meu ordenado terá de subir. No prazo de dois anos espero sair. 
- Sinto que estou num ponto de viragem da minha vida. A ver vamos se as coisas vão mesmo mudar, mas para melhor. 

Antes de começar a escrever este post estava a trabalhar. Vou continuar. Quero ter coisas novas para mostrar à amanhã. Quero muito evoluir. Mas é tudo muito lento. Anda tudo muito devagar. E as coisas não dependem unicamente de mim. Se dependessem andava tudo muito mais rapidamente. Mas... uma coisa de cada vez. 

E assim se escreveu um post em 2 ou 3 minutos.

Aproveitem o Verão, porque eu por enquanto não vou tirar férias!

sábado, 4 de junho de 2016

Voltei.

Voltei. Desde dia 14 de Fevereiro que não escrevia. Passaram-se algumas coisas entretanto. Um novo ciclo começou. Outros encerraram-se. Nos entretantos, participei num Congresso e numa Conferência. Evoluí. E é tão bom evoluir. Tenho em mim a vontade de evoluir a cada dia. Quero tornar-me numa pessoa melhor, mais completa. Quero sentir-me útil. Quero aprender. E no fim de tudo [e durante também] quero ser feliz. Vou continuar a lutar por isso.

Quero fazer ainda tantas coisas. Sinto que não posso parar. Tenho uma coisa para fazer há 3 meses. Tenho de me agarrar com todas as minhas forças a isto. 

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

17 I Conselho.


Sou da mesma opinião. 

--

Bem, mudando de assunto. Fevereiro já vai a caminho da metade. Espero notícias e novidades desde dia 28 de Janeiro. Os prazos estão a apertar. E começo a ficar ansiosa. Tenho de tentar levar este momento com calma. Mas não é fácil. Entretanto retomei o que ficou por fazer do ano passado. Se bem que hoje dediquei-me ao descanso do dia de Carnaval. É esperar por dias melhores. Dias em que receba notícias boas, que me animem o espírito e a alma. Vamos vivendo entretanto... Um dia de cada vez.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

16 I Fevereiro. Ponto da situação.

- Janeiro terminou com a minha iniciação ao Mandala. Passei cerca de 5 horas focada a desenhar. 
- Entretanto, arrumei a sala de estudo, está a 50%. Precisa de uma limpeza de papel a fundo... mas pelo menos os cadernos, os dossiers, os manuais, as sebentas, os artigos, as versões da tese estão devidamente nos seus lugares. 
- Falta agora uma limpeza rigorosa no pc. Pelo menos o ambiente de trabalho já está mais limpo. Mas as descargas e os meus documentos estão um pouco caóticos. 
- Aos poucos vou limpando... a mente, a divisão da casa e o pc. 
- Falta ainda fazer uma limpeza ao organismo... Mas não tenho cometido muitos excessos... o que já não é mau.

Venha de lá esse Fevereiro, de 2016!